sexta-feira, 1 de agosto de 2008

1° postagens

Olá amigos, aki estou...

Para quem não me conheçe sou DJ Fabricio só aerolitos, sou Jornalista produtor e DJ de forró em vitória.

Sempre me perguntam sobre " Os aerolitos" para quem assistiu muito o chaves e chapolin, lembra das pedras voadoras que levavam o chapolim de um lado para o outro em suas aventuras interplanetárias, entaum já que
" aerolitos"" são pedras que voam... achei um nome bem sugestivo para as pedradas que lanço ao ar, nos forrós que discoteco.

Começei minha viagem pelo universo nordestino em 1995, quando através dos vinis pode vivenciar toda magia de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino entre outros.., minha primeira viagem a Itaúnas, me revelou ainda uma vila não descoberta pelos forrozeiros do Brasil, a vila ainda muito timída, com o buraco do tatu cercado por arames e o bar do forró quem nem de perto lembra o atual... o sentimento reinava ao som do chama chuva.

Ainda por meados de 1997 vi o surgimento de bandas como Trio Xapadão, Trio Lampião ao som do saxofone de zero... vi o surgimento do primeiro projeto tortalmente voltado ao forró e o melhor de graça e na praça o "Forró do Pé Preto"... onde surgiram varias bandas como Trio Lubião ( campeão do 1° Festival de Itaúnas) Forrró Raiz, As margaridas Trio Mulamanca ( trio que toquei por varios anos)

Vi também Falamansa tocando muito Roots no Power Gula em Jacaraípe, reduto de onde surgiu op Trio Jatobá revelando vinicinhos para os 4 mensageiros... nesta época vi diversas apresentações memoraveis e o surgimento de diversas bandas lançadas pela produção de greifinho e o power Gula...

Vi Diversas casas de forró surgirem como café cartoon, oficina de ritimos, clube 106, forró na Quadra do Fernando em Campo grande, forró da greyscon, pousada da praia, São Judas, Planeta Ibiza Hultra Center... e tantos Projetos de forró, cresci ouvindo curtindo e aprendendo o forró... forró de luiz de jackson de lindú... de sebastião do Rojão Joci Batista e tantos outros interpretes....

Em 2001 estive em maceío, Caruaru e campina Grande onde pude ter a verdadeira dimenção do que é o forró, da grandiosidade da cultura e expressão de todo um povo. Rodei pelos principais centros São Paulo, Rio, BH e outros sempre em busca do forró perfeito.

Hoje sou de Dj de forró em Vitória e Produtor... graças a Deus resisto com fé, pois vi varios apaixonados se magoarem e se descepcionar com o forró, mas quando o amor é de verdade é para SEMPRE.

O forró pé de serra tá comandando!!

Um comentário:

kekabianchi disse...

O seu sentimento pelo forró impressiona e emociona...realmente nunca vi alguém entender e saber falar sobre o forró pé-de-serra como vc.
E não há porquê desistir do forró, pq vejo que ele faz parte de vc e da sua vida...sucesso hoje e sempre.

Beijos da sua namorada que te admira demais!!!